Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Rio Pardo - RS
Turismo

PONTE DO COUTO

Ponte do Couto

●       Construção: 1848

●       Engenharia: em pedra, seguindo o modelo de arcos romanos, com projeto de Johann Martin Buff

●       Importância histórica, social e econômica:

●       Estabelecia a comunicação entre os distritos do Couto, Taquary e Santo Amaro, com a cidade de Rio Pardo.

●       Importante via de transporte e escoamento de produtos dos colonos da região: cultivo do trigo, videiras, erva-mate, além da criação de gado

●       Em 11 de novembro de 1836, aconteceu o Combate da Ponte do Couto – episódio marcante da Revolução Farroupilha

●       Historicamente seu entorno de paisagem natural de curso d’água é local de manifestação religiosa de origem africana, com oferendas – portanto, espaço a ser ainda mais respeitado

●       Atualmente ainda é importante ligação de transporte na região

●       Outras referências: suposta região da lenda do “Tesouro do Menino Diabo”

●       Tombamento: data de Publicação em D.O. em 21 de maio de 2013 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Rio Grande do Sul – IPHAE

 

-          Endereço: Antigo Distrito do Couto, passou a ser Av. Pinto de Castro, no Bairro Ramiz Galvão; e atualmente o trecho da ponte está mapeado como Estrada João Rodrigues, no Distrito de mesmo nome.

 

-          Monitoria: Orientação educativa (maiores explicações da história da ponte e da região) pode ser solicitada diretamente na Secretaria.

-          Taxa de visitação: ISENTA – acesso livre. Solicita-se o respeito à natureza local e ao espaço religioso, assim como a atenção aos limites das propriedades privadas em seu entorno

 
 
Seta
Versão do Sistema: 3.1.5 - 04/10/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia