Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Rio Pardo - RS
Turismo

IGREJA MATRIZ NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO

Igreja “Matriz” Nossa Senhora do Rosário

 

Um monumento à fé dos colonizadores luso-açorianos, templo católico de reverência e de riqueza artística em seus altares, imagens e pinturas sacras. Essa Igreja tornou-se, assim, patrimônio tombado pelo Município de Rio Pardo e pelo Estado do Rio Grande do Sul. A “Matriz”, como é conhecida pelos rio-pardenses, também têm na Praça em frente um espaço de lazer, e é considerada cenário de grandes eventos culturais e religiosos.

 

Fundação: entre 1774 e 1769, sem consenso documental até o momento

Inauguração: 1779, mas com nave principal concluída em 1801

Construção: século XVIII (aprox. 1774, mas com projeto de engenharia oficial de 1791, finalização em 1885 e remodelações e reformas até década de 1940)

Proprietário Atual: Mitra Diocesana de Santa Cruz do Sul

Tombamento Municipal: Termo de Tombamento n° 01, com base na Lei Municipal 09 de 26 de maio de 1980

Tombamento Estadual: 22 de julho de 2010, conforme Diário Oficial, pelo IPHAE – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Rio Grande do Sul - Portaria: 21/2010/SEDAC

Acervo e detalhes da arquitetura:

-    altar-mor e seis retábulos originais agregados

-  imagens religiosas: Nossa Senhora do Rosário, principal; Nossa Senhora Das Dores; Santa Bárbara; São Benedito, da Irmandade dos Homens Pretos; Espírito Santo; Nossa Senhora da Conceição; Santa Maria; São Francisco de Paula; São Miguel e Santo Antônio, em estilo barroco tardio

-     pinturas murais internas por especialistas italianos, possivelmente na técnica de (a)fresco, realizadas no século XIX

- forro em madeira policromada com destaque para as imagens dos Quatro Evangelistas - Mateus, Marcos, Lucas e João, e de Maria e Jesus Cristo.

-   imagem articulada. em cedro policromado, do Senhor Morto – Jesus Cristo na Cruz, de meados do século XIX

- mausoléu do Barão do Triunfo(monumento funerário onde esteve sepultado o General Andrade Neves, nobre militar rio-pardense do século XIX)

- batistério: espaço específico para a  pia batismal antiga

- balcões de ferro para  se instalarem  pessoas mais importantes social e politicamente da cidade

 

Eventos, tradição popular e curiosidades:

-         Procissão  e Visitação da imagem do Senhor Morto

-          Teatro da paixão de Cristo

-          Conforme encontramos no livro “História, Recordações e Lendas'', de Marina de Quadros Rezende, “a nova Igreja Matriz foi construída com paredes de pedra e grosso madeiramento de lei. Foi ricamente ornamentada com ajuda de herança em dinheiro e jóias... no centro havia um lustre com muitos pingentes de cristais que oferecia aspecto deslumbrante em festas religiosas. O lustre caiu e foi reconstruído, mas não ficou como era e com arrumações foi prejudicado e quebrou-se.”

-          Retábulo (do espanhol retablo) é uma estrutura de madeira, mármore ou de outro material, com lavores, que fica por trás ou acima do altar e que, normalmente, encerra um ou mais painéis pintados ou em relevo. No uso popular,  podem ser até mesmo tratados como se fossem altares.

 

Espaço  de lazer e referência social:

-          Praça Protásio Antônio Alves, ou  Praça da Matriz,  é uma das mais conhecidas da cidade. Pela sua localização, infra-estrutura e arborização atrai diversos visitantes, é um ponto de lazer, festas, religiosidade.

-    Solar do Visconde de São Gabriel - militar João de Deus Men(n)a Barreto -, onde atualmente está instalado o Instituto Medianeira (popularmente Casa da Criança), entidade privada religiosa católica, com fins de amparo socioeducacionais  às crianças , com apoio do poder público municipal.

Endereço:

-          Rua Júlio de Castilhos (Rua da Ladeira), s/nº – Centro Histórico

 
 
Seta
Versão do Sistema: 3.0.0 - 03/05/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia